ATENÇÃO – Nova fase do eSocial 10 de janeiro 2022

ATENÇÃO –  tem início em 10 de janeiro de 2022 a obrigatoriedade do envio ao eSocial dos eventos de SST –  Saúde e Segurança no Trabalho

 

O eSocial, sistema de escrituração digital das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, entrou na 4ª fase da sua implantação, conhecida como SST: segurança e saúde do trabalhador.

Toda empresa que possui  empregados está obrigada a elaborar e a implementar o LTCAT (Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho), não havendo exceções, uma vez que todos os trabalhadores devem ter o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário).

Além desse laudo, sua empresa pode estar obrigada ao:

PPRA – PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS

PCMSO – PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL

GRO – GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAIS – RESPONSABILIDADES

PGR- PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

É de vital importância que sua empresa providencie ou atualize os laudos necessários.

A responsabilidade do envio das informações ao eSocial é da empresa de medicina e segurança do trabalho,  obrigatoriamente a partir de 10/01/2022.

Inicialmente são três eventos que substituem as obrigações atuais:

S-2210 – CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho

S-2220 – Monitoramento da Saúde do Trabalhador

S-2240 – Condições Ambientes do Trabalho – Agentes Nocivos

 

Resumindo: essas são obrigações que todo empregador já possui atualmente em relação aos seus empregados, a única diferença é que hoje elas são feitas em papel, e passarão a ser cumpridas via eSocial.

Diante do exposto acima, sugerimos aos nossos clientes que sigam o passo a passo abaixo:

1º passo: Entrar em contato com a Clínica de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) de sua preferência e averiguar se a mesma já está adaptada e informatizada para a geração do arquivo XML referente aos eventos S-2220 e S-2240, arquivo este que será enviado ao eSocial para cumprimento de obrigação legal.

 

2º passo: É recomendável que nosso cliente e a Clínica de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) de sua preferência negociem como será a recepção e prazo de entrega do XML dos eventos S-2220 e S-2240, pois o não cumprimento do prazo acarretará em autuações e multas, a curto, médio ou longo prazo, ou até mesmo notificações orientativas.

Algumas penalidades por descumprimento:

  • Não informar afastamento temporário: entre R$ 1.812,87 a R$ 181.284,63 em multa *.
  • Não informar o atestado de saúde ocupacional (ASO): entre R$ 402,53 e R$ 4.025,33*.
  • Não informar acidente de trabalho: o limite mínimo e máximo do salário de contribuição, podendo dobrar em caso de reincidência.
  • Não informar sobre riscos ocupacionais: entre R$ 1.812,87 e R$ 181.284,63, determinadas com base na gravidade de cada situação *.

* Dependendo da quantidade de funcionários.

 

Se você é cliente GRC – Grupo Royal CIN e deseja esclarecer qualquer dúvida em relação ao eSocial, basta entrar em contato com nossa Equipe Labor Intelligence.

Rate this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recomendado só para você
LEI Nº 17.719, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2021  …